O que significa poligamia na Bíblia?

O que a Bíblia fala da bigamia?

O primeiro exemplo de poligamia / bigamia na Bíblia foi Lameque em Gênesis 4:19: “E tomou Lameque para si duas mulheres…” Vários homens importantes na Bíblia eram polígamos. Abraão, Jacó, Davi, Salomão e outros tinham várias mulheres. … A Bíblia não diz especificamente porque Deus permitiu poligamia.

O que significa concubina segundo a Bíblia?

Significado de Concubina

substantivo feminino Aquela que vive com alguém, mas não está legalmente casada com essa pessoa. [Por Extensão] Aquela que, em algumas sociedades, vive em um harém com uma condição diferente da esposa; favorita, amásia.

Quem teve várias mulheres na Bíblia?

Salomão: Ele teve setecentas esposas, princesas, e trezentas concubinas (I Reis 11:3);

Qual é o crime de bigamia?

O delito de bigamia está previsto no art. 235 do Código Penal, punindo tanto o agente casado que contrai novo casamento (caput), quanto o cônjuge solteiro que convola núpcias com pessoa casada, ciente desse fato (§ 1o).

É permitido poligamia no Brasil?

No Brasil a poligamia é considerada crime pelo Código Penal Brasileiro,com pena máxima de 3 anos (para quem compartilha o cônjuge) a 6 anos (para quem tem vários cônjuges) e o casamento poligâmico não é válido para o nosso Direito de Família, sendo esta escritura nula, nos termos do artigo 166, por motivo evidentemente …

Quem proibiu a poligamia?

Começando em 1862, o governo dos Estados Unidos aprovou uma série de leis destinadas a forçar os santos dos últimos dias a abandonar o casamento plural. Apesar dessas medidas, os santos dos últimos dias sustentavam que o casamento plural era um princípio religioso protegido pela Constituição dos Estados Unidos.

ISSO É INTERESSANTE:  Quem foi o fundador da Igreja O Brasil Para Cristo?

O que é uma pessoa concubina?

1. Mulher que vive ou se relaciona com um homem como se estivesse casada com ele.

Qual era a função de uma concubina?

As concubinas eram as mais belas e educadas escravas, que cantavam e dançavam para o sultão. Em geral, tinham direito a só uma noite de amor com ele. Mas, se engravidassem, viravam amantes regulares – por supostamente serem mais férteis para gerar herdeiros.